Você descarta corretamente seu lixo?

   Desde que o mundo é mundo, o lixo existe de alguma forma. Os nômades já descartavam os restos dos animais que caçavam, e à medida que o homem foi “evoluindo” e ficando mais “civilizado”, a quantidade de lixo produzida por ele também foi aumentando até chegar ao que somos hoje.

   O Brasil produz cerca de 300 mil toneladas de lixo por dia. E se em vez de jogar tudo isso fora, uma parte desse volume fosse reaproveitado? O desperdício seria menor e o meio ambiente sofreria menos com os problemas gerados pela má destinação tanto de matéria orgânica como objetos de plástico, papel, etc.

   Com o crescimento da produção e do consumo nos dias de hoje, reciclar é mais do que necessário.

Veja algumas dicas de como destinar seu lixo corretamento para a reciclagem:

  • Separe o lixo de forma correta – Uma das etapas mais importantes da reciclagem é separar o lixo. A separação do lixo facilita o trabalho daqueles que vivem disso, como catadores, garis e ainda de organizações que se dedicam a reciclar resíduos. Se no seu bairro houver coleta seletiva, melhor ainda. Dessa forma, haverá um destino correto para todo tipo de material descartado.
  • Separe apenas os resíduos orgânicos – Muitas pessoas pensam que não misturar a comida com o restante do lixo já é o suficiente, porém, o trabalho de separação de resíduos é muito mais que isso, é preciso ficar atento para não descartar junto com eles alguns itens que não podem ser reciclados, principalmente pilhas e baterias. 
  • Proteja objetos cortantes – Objetos cortantes que foram descartados, como pedaços de vidro, facas, lâminas e quaisquer outros materiais pontiagudos ou que possam machucar alguém devem sem envolvidos por jornal ou papelão antes de ser descartado para evitar que alguém acabe se ferindo ao manuseá-los.
  • Recicle – Hoje apenas uma parcela muito pequena do lixo que produzimos não pode ser reciclada, até o isopor que era o grande vilão da reciclagem já pode ser reaproveitado como matéria prima para outros produtos, com isso a industria da reciclagem só tem a crescer o que é favorável não só ao meio ambiente mas à economia também.
  • Descarte corretamente – Pilhas, baterias, Aparelhos eletrônicos e lâmpadas devem ser descartados em lugares específicos. Quando jogados no lixo comum, eles demoram muito tempo para se decompor e liberam elementos tóxicos que contaminam os solos.
  • Óleo de cozinha – Se descartado incorretamente ele impossibilita o tratamento da água que vai para o esgoto, sendo que apenas 1 litro de óleo pode contaminar milhares de litros de água.